A média diária de exportações de carne bovina brasileira em abril chegou a 7,11 mil toneladas na última semana, de acordo com nota da consultoria Agrifatto, divulgada pelo portal da CarneTec Brasil. Esse número se consolida como o maior volume médio diário desde o ano de 2021.

“Mesmo com o feriado de Tiradentes durante a última semana, os embarques de carne bovina continuaram acelerados. Foram 32,1 mil toneladas de proteína bovina enviadas para fora do país nos últimos quatro dias úteis”, disseram os consultores da Agrifatto Stefan Podsclan e Yago Travagini em nota.

Nesse cenário, a CarneTec afirma que a receita obtida com as vendas de carne bovina brasileira em abril supera US$ 500 milhões, com média diária de US$ 33,78 milhões, a maior média mensal de 2021, segundo os consultores. Caso esse ritmo de exportações continue, o Brasil registrará um resultado recorde de embarques em abril, entre 135 mil e 140 mil toneladas, disse o consultor de mercado Yago Travagini, anteriormente.

“Há expectativa de pelo menos uma manutenção desses patamares de 130 mil a 140 mil toneladas no mês de maio. Lembrando que, geralmente, o segundo semestre costuma ser melhor do ponto de vista de exportação de carne bovina que o primeiro”, disse Travagini.

A China tem sido o principal comprador de carne bovina brasileira, com aquisição de cerca de 50% do total em abril. Em março, as exportações de carne bovina do Brasil avançaram 8% em março ante igual período do ano anterior, impulsionadas por um aumento nas aquisições pela China, segundo informou a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo).

Top